14 de maio de 2012

Emicida preso por desacato




De acordo com a nota publicada no site oficial do rapper Emicida, o motivo de sua detenção em Belo Horizonte foi o pronunciamento que o cantor fez antes da música Dedo na Ferida. Emicida afirmou: "antes de mais nada, somos todos Eliana Silva, certo? Levanta o seu dedo do meio para a polícia que desocupa as famílias mais humildes, levanta o seu dedo do meio para os políticos que não respeitam a população e vem com 'noiz' nessa aqui, ó. Mandando todos eles se f..., certo, BH? A rua é 'noiz'".

O músico foi encaminhado para o 39º DP da capital mineira com a acusação de desacato à autoridade. Policiais militares que prestavam serviço no evento consideraram o comentário ofensivo. Eles esperaram que Emicida terminasse seu show e deram voz de prisão ao músico que foi levado ao 39º DP pouco depois das 19h30 e liberado por volta das 22h30.

 Segundo a nota, o rapper se recusou a assinar o Boletim de Ocorrência (B.O.) porque a versão registrava que os policiais relataram que Emicida teria dito uma frase diferente da que o músico abriu seu show. Os policiais teriam afirmado que Emicida disse que apoiava a invasão do terreno Eliana Silva, região do Barreiro. O texto publicado no site do cantor destaca:
"em nenhum momento o rapper se dirigiu diretamente aos policiais militares que trabalhavam no evento ou pediu que o público fizesse algum gesto obsceno a eles. O show ocorreu sem nenhuma confusão". 

Eliana Silva - Famílias de sem-teto mantêm invadido um terreno em Belo Horizonte - a invasão é chamada de Eliana Silva. Essas famílias afirmam estar sendo impedidas pela Polícia Militar de manter contato com quem está fora da área, que começou a ser desocupada na manhã de sexta-feira (11).

 Em nota, Emicida aproveitou e agradeceu às manifestações de "apoio e carinho" dos fãs. Na noite deste domingo, a notícia de sua detenção chegou a ser o assunto mais comentado do Twitter no Brasil.






Fonte: terra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opine, descubra, informe-se!